Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

SANTA CRUZ DO BISPO.

- Santa Cruz do Bispo, cuja toponímia original seria Santa Cruz felgueiras, pois fez parte do Julgado da felgueiras até 1835, tendo ainda sido designada como Santa Cruz de Leça e Santa Cruz de Riba Leça, por influência de D. Rodrigo Pinheiro, insigne humanista e Bispo do Porto no século XVI, ligado ao apogeu arquitectónico e paisagístico de Santa Cruz, com justiça, se ficou a chamar do Bispo.
A Quinta de Santa Cruz de Riba Leça, que era todo o vasto terreno doado à Sé do Porto pela Infanta Santa Mafalda, foi transformado num recanto maravilhoso de grande imponência que foi a Quinta dos Bispos e actual Colónia Penal.

Assim, transformou-se, de novo, o aspecto da Quinta, desta vez sob a influência de Nasoni.
De toda a beleza arquitectónica, destacamos o seguinte: entrada principal – grandioso portão artístico de pedra, trilobado de cantaria encimado pelas armas do bispo D. José Maria Fonseca e Évora que, em 1750 decidiu empreender reformas nesta imponente e tranquila instância de repouso que se ergue no Largo, junto da Igreja, considerado monumento de interesse nacional; vários portões laterais de granito (cinco), que rodeiam a Quinta; edifícios em pedra; o chamado Palácio D. Mafalda; belíssimos fontanários de pedra, dispersos pelos arruamentos da Quinta, etc.

Em 1623 contavam-se entres as capelas da freguesia a Capela N. Sra. da Luz e dos Anjos (que se situava dentro da quinta e que talvez constitua a razão pela qual a estrada principal da Colónia é conhecida como Av. Dos Anjos), A Capela de Santo Isidro e a Capela N. Sra. da Guia que se situava junto da Igreja Paroquial embora num sítio ligeiramente diferente, pois aquele onde hoje se ergue, data da reconstrução levada a cabo pela Veneranda Viscondessa de Santa Cruz do Bispo, D. Maria Dias de Sousa, em 1890.
Descendo de família pobre e não sabendo escrever, foi-lhe o título de Viscondessa atribuído em 1892 por El-Rey D. Carlos, como reconhecimento e consagração oficial da sua generosidade e qualidades de carácter, cuja nobreza se reflectiu no contributo prestado à colectividade.
Falecida com 82 anos de idade, em 12 de Março de 1899, jaz o seu corpo em sepultura própria na Capela de seu nome, no cemitério Nº.1 da Freguesia a cuidado perpétuo da Junta.



Nesta Capela está uma imagem de N. Sra. que merece apreciação quanto mais não seja pela sua antiguidade.
Em 1623 existiam ainda as seguinte Capelas: N. Sra. do Livramento ou das Candeias ou de S. Brás e a Capela do Mártir S. Sebastião.
A Igreja matriz e paroquial, com esbeltas linhas arquitectónicas, foi demolida e reedificada entre os anos 1756 e 1766, pelo Bispo do Porto, D. Fr. António de Sousa, cuja pedra de armas foi representada na sua frontaria.
Treze anos depois em 1769, tendo sido atingida por um raio, necessitou de importantes obras de restauro.




No monte de S. Brás, podemos ver a famosa estátua do "Homem da Massa", peça de grande valor Histórico-Cultural, e que sendo encontrada entre as Capelas de Nª. Sra. do Livramento e a do Mártir S. Sebastião, por volta do ano de 1935 terá sido deslocada para o cimo do Monte.

A estátua em granito é esculpida apenas dos joelhos para cima e, atingindo a altura de uma pessoa, está profundamente mutilada nos olhos, nariz e boca, faltando-lhe ainda os dois antebraços. A seu lado, encontra-se uma figura de um qualquer animal, talhado no mesmo granito.

Diz a lenda que quem atravessasse o misterioso monte de São Brás, coberto de densa vegetação, para sempre desapareceria. Certo dia, um audacioso rapaz decidiu atravessa-lo e munido de uma "maça" de trabalhar o linho, meteu-se a caminho. Algum tempo depois e talvez resultado de uma luta mortal, o seu corpo foi descoberto, junto do de um estranho animal selvagem semelhante a um leão. Para assinalar o local onde se encontraram os corpos foram esculpidas as imagens que ainda hoje ali se encontram.

No entanto a hipótese que parece ter mais bases científicas, aponta para que essa famosa estátua pertença a vestígios arqueológicos Romanos existentes na zona, e que representará Hércules, ou seu filho Amato.
publicado por Admin às 15:20
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.últ. comentários

Este link não funciona. Por favor, coloque um novo...
cria um novo link por favor
http://youtu.be/jb3FvmaWtRo
Meu sonho è ter sexo com ela...
Faço desde já uma declaração prévia: sou agnóstico...
Faço desde já uma declaração prévia: sou agnóstico...
Si quieren ver mas de ella visiten: http://bootyc...
adoro documentarios !!!show de bola esse blog !!!!...
eu saquei o jogo mas nao consigo jogar, ele foi te...
em 1º lugar, para os que tem o minimo de conhecime...
blogs SAPO

.subscrever feeds